No inicio desde mês de março, a Rede de Observatórios da Segurança, divulgou um relatório sobre os dados da violência contra mulheres no Brasil. De acordo com os  dados a cada 5 horas um feminicídio é registrado no país. Na Paraíba de janeiro a novembro de 2021, 3o feminicídios foram registrados.

São crimes chocantes cometidos na maioria das vezes por ex-companheiros inconformados com o fim do relacionamento, que destroem milhares de famílias pelo Brasil. Na Paraíba o caso mais recente registrado, foi da estudante de medicina Mariana Tomaz. A jovem foi morta em um apartamento no bairro de Cabo Branco, em João Pessoa no último sábado (12). O principal suspeito de ter cometido o crime é o empresário Johannes Dudeck, com quem a vitima tinha um relacionamento amoroso.
mariana tomaz estudante - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

Mariana Tomaz tinha 25 anos e era natural do Ceará

Iane Cristina assassinada em Catolé do Rocha 14/02/2022

mulher encontrada morta foi assassinada com golpes de tabua de carne - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

Iane Cristina Rafael, tinha 35 anos e foi encontrada morta, no dia 14 de fevereiro, em um área de lazer localizada na cidade de Catolé do Rocha, Sertão da Paraíba. O corpo de Iane apresentava sinais de violência pelo corpo, especialmente na região da cabeça. De acordo com as investigações uma tábua de carne teria sido usada para cometer o crime. Mateus Ferreira, com quem a vitima namorava é o principal suspeito de ter cometido o crime.

Comerciante mata a esposa em Santa Luzia 06/12/2021

joelma alves - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

No dia 06 de dezembro de 2021, Joelma Alves da Silva foi assassinada no município de Santa Luzia com golpes de faca. O principal suspeito de ter comedido o crime foi o marido da vítima, Josimar Fernandes dos Santos conhecido como Galego de Zé Costa.

Luciana Pereira  morta em Tavares 14/10/2021

luciana pereira - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

Luciana Pereira da Silva, de 26 anos, foi assassinada em outubro de 2021 no Sítio Lage Grande  zona rural de Tavares, na frente dos dois filhos. O acusado da autoria do crime é o marido da vítima, que se entregou a policia e foi preso.

patricia roberta jovem desaparecida - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

A jovem Patrícia Roberta de 22 anos, foi encontrada morta no dia 27 de abril, em uma área de vegetação de João Pessoa. Patrícia que morava em Caruaru, teria vindo visitar um suposto amigo em João Pessoa, mas dias depois desapareceu. A jovem foi dada como desaparecida e após buscas foi encontrada em avançado estado de putrefação, um terreno de João Pessoa. De acordo com o laudo da perícia a jovem foi esganada e morta por asfixia. O acusado de ter cometido o crime é Jonathan Henrique G. dos Santos, de 23 anos.

Maria Adriana da Costa Silva assassinada em Bayeux 27/01/2021

maria adriana da costa silva feminicidio - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

Maria Adriana da Costa Silva, de 38 anos foi assassinada no dia 27 de janeiro de 2021, no bairro da Imaculada, na cidade de Bayeux. A vítima foi encontrada morta com golpes de faca em cima da cama da própria residência. O principal suspeito de ter cometido o crime é o ex-companheiro da vítima, José Adriano Vieira da Cruz, de 38 anos; de acordo com familiares, ele não aceitava o fim do relacionamento.

Ana Clara Teixeira de 15 anos foi assassinada pelo namorado 09/08/2020

ana clara - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

A adolescente Ana Clara Teixeira de 15 anos, foi assassinada com pelo menos 30 facadas no município de Zabelê, na Paraíba. O acusado de ter cometido o crime é Matheus Bezerra dos Santos, o ex-namorado da vítima, que não aceitava o fim do relacionamento.

O autor do foi preso pela Polícia Civil dois dias após o crime na cidade de Sertânia, em Pernambuco, e levado a uma unidade prisional, onde continua a disposição da Justiça.

Iruza Maria 11/05/2019

csm iruza maria vitima feminicidio 03 fd8c0d1e03 - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

Iruza Maria, de 36 anos, foi morta ao ser atingida por pelo menos três golpes de faca pelas costas, dados pelo companheiro, no bairro do Esplanada, em João Pessoa. Após nove meses foragido o homem foi encontrado pela polícia na cidade de Alhandra, onde foi preso.

Tamara Valenca - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

Tâmara de Oliveira foi assassinada em 19 de abril de 2019 no bairro da Torre, em João Pessoa pelo companheiro. Os dois estavam na frente de uma loja de veículos que era de propriedade do filho do casal, quando o crime aconteceu. Marconi Diniz atirou contra Tâmara Valença e depois se matou. De acordo com informações  a mulher queria se separar mas Marconi não aceitava o fim.

gizely medeiros morta festa natal joao pessoa pb - FEMINICÍDIOS QUE ABALARAM A PARAÍBA: relembre os crimes mais chocantes no estado e veja como estão os autores dos assassinatos

A vítima foi identificada como Gizely Medeiros de 24 anos foi encontrada morta no bairro do Róger, em João Pessoa, no dia de Natal. Gizely foi encontrada por familiares morta na própria cama, com muitas marcas de agressões. O namorado da vítima, Lucas Pereira Cavalcante confessou o crime e contou a polícia que matou Gizely segurando a cabeça dela contra o colchão por vários minutos, após uma briga do casal. O acusado teria voltado a dormir porque não sabia que a namorada estava morta.

Em novembro de 2019 Lucas passou por júri popular e foi condenado a 18 anos e seis meses de prisão, em regime fechado. O jovem continua cumprindo pena em um presidio da capital.