DESVENDANDO O PRAZER: saiba o que as mulheres mais gostam na hora do sexo e aprenda a satisfazer melhor

Apesar de muito ouvir por aí que é difícil agradar as mulheres, a atividade não é tão complexa assim. Exige empenho, como qualquer ato que gere prazer e deve, claro, ser bem feito. Antes de entender o que faz uma mulher atingir o ápice do prazer, é preciso levar em conta que na relação sexual, independente do órgão genital, estar presente na hora “H”, conversar antes, e entender o que a parceria gosta, vale para todos os tipos de corpos.

Podemos não ter todas as respostas, afinal, cada ser é único com seu corpo e cada um vai ter estímulos de prazer de formas diferentes. Mas, é possível elencar algumas coisas que as mulheres amam no sexo.

Descubra agora cinco verdades infalíveis e certeiras para mandar bem na cama com uma mulher. Afinal, do que as mulheres gostam?

Sexo fora da cama

A primeira dica da sexóloga Jéssica Siqueira, da plataforma Sexo sem Dúvida, é lembrar que o sexo começa fora da cama. Esqueça aquela ideia dos filmes pornôs, de que a mulher estará na cama pronta para a penetração. O estímulo começa bem antes.

“Para muitas mulheres, a cama é uma extensão de tudo que acontece na relação, seja ela de longa duração ou um encontro casual. Logo, se tudo nessa relação ou encontro flui bem aumentam as chances de que o sexo seja mais prazeroso e satisfatório. Se você vive em uma relação amorosa duradoura, a dica é investir na construção de uma boa intimidade emocional e física”, esclarece.
Mas, para quem está curtindo um momento de pegação, a dica é investir em um bom papo e ir deixando as coisas mais excitantes e empolgantes antes de chegar na hora do sexo. Feito isso, vamos ao que interessa!

As preliminares podem começar durante o dia com mensagens de texto picantes, ou com beijos, massagens e provocações bem antes de tirar a roupa. Explore e estimule o corpo todo com lambidas, beijos, abraços e massagens. Aproveite também para explorar as zonas erógenas da parceira.

Oral bem feito

Para uns pode ser preliminar, para outros, o melhor momento da transa. Independente de como incluir o oral na transa, uma dica é certa: capriche. “Nada de língua dura demais, mordidas, ou sentir nojo. Faça um sexo oral sem pressa, bem lubrificado, que não tem erro!”, sugere a especialista.

Na cama

Finalmente, enquanto estiver na hora “H”, vale explorar a variação de posição: “Não precisa ficar trocando a todo momento, mas não é nada confortável ficar sempre no papai e mamãe. Se preocupe com o prazer de todos os envolvidos. Nenhuma mulher gosta de se sentir usada ou vista como meio para obtenção de um prazer egocentrado”, alerta Jéssica. Além disso, vale conversar e perguntar o que a parceira gosta, como ela gosta e demonstrar atenção e esforço até ela atingir o orgasmo.

Inclua brinquedos

Algumas mulheres gostam que inclua algum sex toy na hora do sexo. Os brinquedinhos podem entrar como aliados do prazer. Mas atenção, não é regra e não são todas que gostam, por isso a recomendação é checar antes: “Como nem todas gostam, a recomendação é conversar antes de chegar na hora do sexo com algum item. Vale perguntar com antecedência sobre o que ela gostaria de acrescentar”, finaliza.