Universitários de Cajazeiras denunciam ‘calote’ de empresa de formatura; Aluna chora ao relembrar

Por Luzia de Sousa

15/09/2017 às 13h40 • atualizado em 15/09/2017 às 14h08

O que era sonho se tornou pesadelo. Foi assim que definiu alguns estudantes do Curso de Fisioterapia de uma faculdade particular de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba depois que descobriram que levaram ‘calote’ de uma empresa de formatura, com sede no Crato, Estado do Ceará. O prejuízo para cada estudante é estimado em R$ 5 mil.

A estudante Walleria Rodrigues explicou a reportagem da afiliada Globo na Paraíba que recebeu a notícia através de mensagem pelo aplicativo Whatsapp. “Eles colocaram nota de esclarecimento no Facebook. Foi aí que começou a cair a ficha”, disse a universitária.

Aluna chora ao relembrar caso da formatura (Foto: reprodução do vídeo do G1)

Os estudantes explicaram que tentaram contato com os donos da empresa através de telefone, mas nenhuma resposta foi encontrada.

A estudante Cinthia Fontes disse que não foi só a turma dela que ficou no prejuízo não, pois nas redes sociais apareceram outras turmas prejudicadas. “Em torno de umas 19 turmas”.

O delegado do caso em Cajazeiras, Francisco Filho (Dr. Filho) disse que vai abrir inquérito policial, pois há fortes indícios de estelionato. A reportagem tentou contato com a empresa, mas nenhuma resposta foi obtida.

DIÁRIO DO SERTÃO com vídeo do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *