Tucano de João Pessoa defende Cássio de acusação de endividamento da Cagepa

O vereador de João Pessoa, Marcos Vinicius (PSDB) resolveu sair em defesa do colega de partido, senador Cássio Cunha Lima, que foi indicado como um dos responsáveis pelo endividamento da Cagepa, pelo presidente da Companhia Deusdeth Queiroga. Ele disse que os dois últimos governos era os responsáveis pelo endividamento na ordem de R$ 180 milhões da Cagepa e que os empréstimos teriam começado no governo de Cássio em 2007.

Para Marcos Vinicius, é uma leviandade afirmar que o ex-governador Cássio Cunha Lima e um dos responsáveis pela situação que a Cagepa atravessa. Segundo ele, os empréstimos realizados pela Cagepa no governo Cássio foram responsáveis pelo maior programa de saneamento básico que o estado da Paraíba já viu.

“O programa Boa Nova foi responsável por dobrar o índice de saneamento básico em João Pessoa e Campina Grande, entre os anos de 2003 e 2009, no governo de Cássio. Nós que andamos muito pelos bairros de João Pessoa sentimos a diferença. Antes chegávamos nas comunidades e o esgoto corria a céu aberto, hoje a realidade é outra, graças a está ação do ex-governador”, destacou.

Marcos Vinicius também estranhou o fato do presidente da Cagepa atribuir a Cássio e a Maranhão o endividamento da Empresa, sendo que em menos de dois anos, o governador Ricardo Coutinho já fez um empréstimo de mais de R$ 40 milhões, segundo o próprio Deusdeth.

Por fim, o vereador cobrou que a Cagepa consiga dar respostas as inúmeras reclamações de todo estado, inclusive João Pessoa, onde a qualidade da água distribuída pela Companhia vem sendo questionada pelos vereadores Tavinho Santos e Elisa Virginia corriqueira na Câmara Munivipal.

MaisPB com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *