Sindifisco nega manipulação de dados e ameaça entrar na justiça contra o governo

O presidente do Sindifisco da Paraíba, Manoel Isidro, negou qualquer possibilidade de manipulação de dados com relação à listagem de servidores públicos que atuam na administração estadual. Durante entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (25), secretários do Poder Executivo afirmaram que os números relativos aos funcionários conhecidos por ‘codificados’ podem ter sido manipulados.

Leia mais notícias de política no Portal Correio

“Não houve manipulação de dados. O Sindifisco apenas divulgou os dados que são fornecidos pelo Tribunal de Contas. O Sindifisco não cometeu nenhum crime, apenas divulgou dados que deveriam ter sido divulgados há muito tempo”, explicou Isidro.

O presidente disse ainda que a acusação vinda dos secretários pode acabar, inclusive, na Justiça. “Aí sim tem uma acusação de manipulação e cabe até uma ação judicial. Eu quero esclarecer que o Sindifisco não acusou ninguém de nada, apenas divulgou os dados”, acrescentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *