Senador defende saída de Cunha da presidência da Câmara para país sair de crise política

O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) afirmou, em entrevista na manhã de hoje (26), quando questionado sobre qual o melhor caminho para resolver a crise política e econômica do país, que a primeira medida deveria ser o afastamento do atual o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara.

Para Lira, essa é uma solução que está clara e é solicitada por imensa parte da população brasileira. “O primeiro passo para melhorar a situação é afastar o presidente da Câmara. Pairam denúncias fortíssimas sobre ele”, disse Lira, mesmo Cunha sendo integrante o PMDB.

Ele acredita que o Brasil terá que resolver primeiro a sua crise política para, depois, resolver a crise econômica que enfrenta. Como economista, o senador avaliou que é preciso resgatar a confiança da população em seus entes representativos para também trazer novos investimentos e postos de trabalho para o país.

“Só sairemos da crise econômica quando sairmos da crise política. Portanto, temos que resolver a crise política para trazer segurança aos investidores, parar esse ciclo de recessão e dar início a um novo ciclo de crescimento”, comentou Raimundo Lira.