Prefeito de Sousa é denunciado por agressão a namorada e TJ concede medida protetiva a jovem advogada

O curto namoro entre o prefeito de Sousa, Fábio Tyrone (PSB) e a jovem advogada Myriam Pires Benevides Gadelha, 29 anos foi parar na Justiça. O casal assumiu que estavam juntos no final de outubro deste ano, e neste final e semana saiu uma decisão judicial concedendo a advogada medida protetiva.

Despachada ao desembargador Ricardo Vital de Almeida, do Tribunal de Justiça da Paraíba, Myriam Gadelha denunciou que sofreu agressões físicas do namorado por duas oportunidades.

Segundo a advogada, a primeira agressão teria ocorrido já no mês de novembro, durante uma viagem a São Paulo quando o casal estava em momento de lazer “O requerido teria, com ciúmes, lhe empurrado e tentado agredir-lhe pelo pescoço”, diz trecho da denúncia.

Segundo Myrian, nessa quinta-feira (06), após uma festa em João Pessoa, Fábio Tyrone teria iniciado uma briga com ela, alegando que estaria a beber demais e conversar com várias pessoas, sendo que na volta para casa, o prefeito sousense teria lhe dado um tapa no rosto, em seguida, já na casa da vítima teria lhe xingado, além de empurrá-la no chão e iniciado uma sequência de chutes. “Relata que ao mandar o requerido ir embora, foi novamente agredida com um soco no olho direito”. Diz em outro trecho da denúncia

Decisão do desembargador
Diante dos fatos narrados na ação, o desembargador Ricardo Vital de Almeida decidiu conceder a medida protetiva, impedindo que Fábio Tyrone mantenha distância inferior a 300 metros da ex-namorada, que também se afaste da casa dela e o proibiu de qualquer tipo de contato físico, telefone, e-mails, bilhetes, aplicativos de mensagens, redes sociais, dentre outros.

Uma amiga de Myrian usou sua rede social no Instagram para prestar apoio a advogada e tachou a atitude do agressor de covardia.