Prefeita que foi impedida de entrar de prédios públicos volta ao cargo

A prefeita de Monte Horebe, Cláudia Aparecida Dias (PSB), que foi impedida de se aproximar dos prédios públicos do município, retornou ontem ao comando da Prefeitura depois de 50 dias afastada do cargo, por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A gestora estava afastada do cargo desde o último dia 21 de julho, após a deflagração
da operação ‘Monte Sinai’, coordenada pelo Ministério Público (MPPB). 

Em decorrência das irregularidades, que teriam ocasionado desvios de quase R$ 50 mil da Prefeitura de Monte Horebe, além do afastamento das funções administrativas, Cláudia Dias foi obrigada a se manter a uma distância mínima de 100 metros dos prédios públicos da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *