Prefeita eleita de Cajazeiras diz qual será sua prioridade, fala sobre concurso e secretariado além de quem vai apoiar na câmara.

A prefeita eleita de Cajazeiras, Denise Oliveira prestou entrevista ao programa Rádio Vivo nesta terça-feira (20) onde falou sobre sua viagem a Brasília e comentou a respeito dos boatos com relação ao novo secretariado.

Denise disse que ainda está na fase de observar currículos e ouvir aliados para poder escolher a base de seu secretariado. Ela informou que no momento, sua maior preocupação é com a Transição de Governo, cuja equipe da atual gestão foi apresentada nesta terça (20).

A socialista falou da vontade de trazer para dentro de sua gestão a vereadora Lea Silva (DEM), entretanto, não disse em que cargo. Denise anunciou que haverá uma grande mudança na Secretaria de Cultura que vai deixar de ser sub-secretaria. “Vamos trabalhar grandemente nesse projeto porque Cajazeiras merece”, disse ela.

Prioridade
A prefeita eleita Denise Oliveira disse que a prioridade de sua gestão será arrumar a casa, principalmente no que se refere a questão da saúde e dos salários atrasados. Com relação a UPA, Denise disse que a unidade só será inaugurada em Cajazeiras quando estiver funcionando e afirmou que de início a unidade será de responsabilidade do Estado, pois o município não terá condições de arcar.

Concurso Público
De acordo com a prefeita eleita Denise, é primordial fazer um concurso, porém, dentro das normas legais com uma empresa lícita. Ela disse que vai realizar concurso em sua gestão para que as pessoas possam ter seu emprego, independente de indicações políticas.

Com relação ao Concurso anunciado na gestão de Carlos Rafael (PTB), Denise declarou que é fruto da imaturidade do jovem gestor. “Não acredito que ele queira mal ao município, ele é jovem e deve estar caindo em conselhos ruins”, disse. Denise afirmou ainda que, deseja que Rafael obtenha sucesso na carreira política.

Câmara
A prefeita eleita Denise disse que todo o apoio do grupo será dado a Nilsinho (DEM), e pediu aos outros vereadores que o apóiem, uma vez que a situação dentro do grupo ficou resolvida. “Nosso grupo está unido houve uma discussão inicial, mas que se fechou no nome de Nilsinho”, disse ela.

Carlos Antonio
Denise falou ainda sobre os boatos de que sua gestão será comandada pelo ex-prefeito Carlos Antonio (DEM) e disse que ele não vai deixar de fazer parte do governo. “Ele não é apenas esposo, é nosso companheiro de luta e vai continuar conosco”, disse ela.

Brasília
A prefeita eleita Denise Oliveira falou também sobre os vários recursos, segundo ela, conseguidos em Brasília. Denise disse que com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) uma patrol, duas retroescavadeiras, cinco caçambas, entre outras coisas, para fazer estradas na zona rural e trabalhar dentro das comunidades.

De acordo com Denise, com a ajuda do senador Cícero Lucena (PSDB) será conseguida a pavimentação asfáltica para o distrito de Boqueirão. Apesar de não ter visto o senador Vitalzinho (PMDB) ele nos telefonou e disponibilizou recursos do IML deve estar voltando a Brasília.

 

DIARIO DO SERTÃO