Prefeita de Cajazeiras decreta estado de emergência e administração municipal não terá custos com o Carnaval 2013.

O secretário de Articulação Política da Prefeitura de Cajazeiras, Joselito Feitosa falou nesta quarta-feira (16) sobre o Decreto de Estado de Emergência pelo prazo de 90 dias assinado pela prefeita Denise Oliveira (PSB) na última segunda-feira (14).

De acordo com ele, a decisão do decreto foi baseada em uma série de fatores, um deles, o fato de não ter sido encontrado nenhum documento financeiro no setor contábil da Prefeitura. “Como podemos dar andamento há um trabalho sem transição, sem documento, entre outras irregularidades”, disse Joselito.

Durante a entrevista, o secretário Joselito foi perguntado como a Prefeitura poderá realizar o Carnaval 2013, sendo que o município está em Estado de Calamidade. Por sua vez, o secretário respondeu que o evento está sendo feito em parceria com a iniciativa privada e que a Prefeitura está apenas apoiando.

De acordo com Joselito, a Prefeitura vai investir apenas nos serviços essenciais como saúde e limpeza, porém, no tocante as atrações e estrutura em geral quem vai arcar com a despesa é a iniciativa privada. “A iniciativa privada está apoiando esse evento que já é tradição em todo o Norte e Nordeste”, disse ele.

Além disso, o secretário de Articulação Política da Prefeitura acredita que o evento, passo a passo vai se tornando sustentável, no sentido de que as receitas começarão os custos. Ele elogiou o empresário Tico Miudezas pela ousadia de encarar o Carnaval 2013 de Cajazeiras, com apoio da Prefeitura.

 

 

 

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *