Polícia apreende 60 mil pés de maconha em fazenda no Sertão.

No início da tarde desta quarta-feira uma Operação entre a Polícia Militar e Civil conseguiu localizar uma plantação com aproximadamente 60 mil pés de maconha, às margens do Rio Piranhas, em uma fazenda do município de Paulista, no Sertão paraibano.

A Polícia revelou que o local foi descoberto há alguns dias, após monitoramento aéreo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que avistou o local com plantações ilegais e acionou a Polícia para averiguar.

Segundo o tenente-coronel Francisco Campos, a área tinha cerca de três hectares. Segundo a assessoria da Polícia Militar, foram presos os pernambucanos Urias José da Silva, 45 anos, Arthur Armando da Silva, 33 anos, e o paraibano Victor Moraes Costa, 35 anos. Além deles, também foi detido o dono da propriedade, identificado como Itapuan Costa, 50 anos.
 
Segundo o delegado regional de Catolé do Rocha, Sílvio Rabelo, todos os envolvidos foram autuados em flagrante pelos crimes de plantio de entorpecente, tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo, e também estão sendo investigados por formação de quadrilha.

Os acusados foram levados para a Superintendência de Polícia Civil na cidade de Catolé do Rocha, onde permanecem sendo investigados pela Polícia. Parte da maconha vai ser encaminhada para perícia e outra parte vai ser incinerada nesta quinta-feira (04), em Catolé do Rocha.

 

 DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *