PF desarticula quadrilha acusada de fraudes em saques de benefícios

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13) a Operação QUIMERA 2, desenvolvida com o objetivo de desarticular quadrilha especializada em fraudes mediante utilização de documentos falsos, para saques de precatórios e saldos do FGTS, PIS, seguro desemprego, previdência social, entre outros.​

​A deflagração é mais uma fase da Operação BELEROFONTE, conduzida pela Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários da Superintendência Regional da Polícia Federal na Paraíba.​

​A associação criminosa desarticulada é baseada em Goiás, com ramificações na Paraíba e em Pernambuco, mas atua também em outros nove estados (Bahia, Rio Grande do Norte, Alagoas, Rondônia, Mato Grosso, Amazonas, Paraná, Amapá e Sergipe), causando prejuízo de aproximadamente R$ 4 milhões.

​Cerca de setenta policiais federais estão cumprindo 18 mandados de prisão temporária e 11 mandados de busca e apreensão expedidos pela 16ª Vara da Justiça Federal da Paraíba, instalada em João Pessoa/PB.​

De acordo com a Polícia Federal, as fraudes foram cometidas na Paraíba por pessoas de fora do Estado. Todas as investigação foi  feita pela PF da Paraíba. Já foram presos um suspeito em Jaboatão dos Guararapes (PE), um em Val Paraíso, em torno do Distrito Federal, e outros na região metropolitana de Goiás (GO).

Mais detalhes serão concedidos em entrevista coletiva pela Polícia Federal.

MaisPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *