Homenageado em João Pessoa, Pedro Simon detona Lula e FHC: “Destruíram o Brasil”

Conhecido por suas posições firmes em mais de sessenta anos de vida, o senador Pedro Simon, homenageado nesta terça-feira (3) com o título de cidadão pessoense, comentou em declarações a imprensa a crise política que o país atravessa e não poupou críticas aos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva.

“Fernando Henrique e Lula destruíram o Brasil. Com o Fernando Henrique nós tivemos o problema da compra da emenda da reeleição e depois da privatização da Vale do Rio Doce. Com o Lula, foram o Mensalão para compra de deputados e o Petrolão para financiar campanhas, que está sendo desbaratado pela Operação Lava Jato. Isso tudo manchou muito a democracia brasileira e nos causou uma desilusão”, afirmou.

Pedro Simon também acredita que o afastamento do correligionário Eduardo Cunha da presidência da Câmara seria prudente nesse momento de turbulência política e econômica, que vem sendo acentuado pelos recentes acontecimentos envolvendo o parlamentar carioca.

“A posição do presidente da Câmara ficou muito delicada depois da descoberta das contas na Suíça. O ideal seria o afastamento dele. Agora há um avanço que tenho que reconhecer, a Câmara está trabalhando depois dele. Estive no Senado por 32 anos e nunca vi o Congresso com tamanha disposição de fazer reformas”, disse o político gaúcho em entrevista na capital paraibana.

Longe da política desde janeiro, quando encerrou seu quarto mandato como senador, Pedro Simon, de 85 anos, tem se dedicado a participar de palestras e seminários em diversas cidades brasileiras.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *