Operação no presídio de Cajazeiras aprende 50 espetos e drogas; Diretor explica.

Uma operação pente fino, denominada “Vai e Vem” foi desencadeada desde as primeiras horas desta quinta-feira (21), no Presídio Regional Padrão de Cajazeiras.

A operação foi articulada pelo diretor do presídio, Jailson Santos, e contou com o apoio da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Na varredura das celas, a polícia encontrou três celulares, quatro carregadores, 50 espetos, chips e um “porrete” de madeira, onde estava escrito o nome “Al-Qaeda”, além de certa quantia de drogas.

Jailson Santos explicou que apesar da vigilância não é possível impedir a entrada de objetos ilícitos no presídio, por isso são necessárias essas operações.

“Temos aqui três facções distintas que não se unem e vivem essa situação de desavença, mas nossa missão é de desarticular essas ‘forças’”. Disse o diretor.

 

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *