Onda planetária de energia intensifica chuvas no sertão nos próximos dias, afirma Meteorologista

Conforme previsão realizada e divulgada dia 29 de outubro pelo físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira, colunista do Diário do Sertão, as chuvas isoladas no semiárido do Estado da Paraíba estão ocorrendo, caracterizando a fase de transição de normalidade para El Niño, que está em curso atualmente na região central do Oceano Pacífico Equatorial.

Conforme já frisado, não é sempre que o fenômeno climático e oceânico El Niño desfavorece a ocorrência de chuvas no interior do Nordeste, no final do ano e no mês de janeiro, muitas vezes com El Niño configurado ou num cenário de transição como o atual, eventos significativos de chuvas costumam ocorrer na região, devido a atuação de “Instabilidade Atmosférica” associada a atuação de Frentes Frias no sul da Bahia, Vórtices Ciclônicos de Ar Superior, juntamente com o aquecimento do Atlântico Sul na altura da costa leste da citada região, dentro do trimestre novembro, dezembro e janeiro que faz parte do período de pré- estação chuvosa do semiárido do setor norte do Nordeste.

As chuvas isoladas em alguns momentos, e esparsas em outros que estão ocorrendo especificamente no interior da Paraíba desde o corrente dia 22 de novembro, têm a contribuição de umidade das Frentes Frias que estão atuando essa época no sul da Bahia.

O El Niño que está em formação já mostra seus sinais na atmosfera do semiárido através dos registros desde outubro, de temperaturas do ar acima da média.