PMDB fecha apoio ao governo e confirma indicação de Manoel Jr. para o Ministério da Saúde

Após reunião realizada nesta terça-feira (22), a bancada do PMDB da Câmara Federal decidiu, por 42 votos a 9, continuar na base da presidente Dilma Rousseff (PT). O nome do deputado federal paraibano Manoel Júnior (PMDB) e dos parlamentares Marcelo de Castro (PI), e Saraiva Felipe (MG) serão levados à petista para comporem um possível Ministério. O PMDB reivindica as pastas da Saúde e uma pasta de Infraestrutura, que ainda será criada e deverá unir as secretarias de Portos e Aviação Civil.

Em entrevistas recentes, o deputado Manoel Júnior chegou a defender a renúncia da presidente.

“Se eu tivesse na situação dela, diante dos dados econômicos que temos, eu renunciaria que é uma coisa que meu dicionário ainda não tem. A situação dela é insustentável”, opinou.

À época, Manoel Júnior afirmou que a crise moral e ética havia chegado a membros do governo federal.

“Nós estamos com um déficit nominal, arrecadação caindo, despesas subindo e o governo não dá uma resposta convincente à sociedade”, disse.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *