BRIGA PELO VOTO: celebridades bolsonaristas e lulistas entram na disputa por eleitores mais jovens; conheça os pré-candidatos

Com a polarização para as eleições deste ano na presidência da república, vários artistas começaram a se posicionar publicamente, revelando os seus apoios para candidatos a presidente, principalmente para o ex-presidente Lula (PT) ou o presidente Bolsonaro (PL).

Não achando pouco o apoio, algumas celebridades decidiram colocar o nome para jogo e se candidatar a algum cargo político no pleito deste ano. Com a candidatura, é possível que eles consigam puxar ainda mais votos para o seu presidenciável.

Os jovens brasileiros de 16 a 17 anos, que têm direito ao voto facultativo, tornaram-se alvo de uma nova disputa entre direita e esquerda nas redes sociais. Com a aproximação do fim do prazo para a emissão de novos títulos eleitorais, influenciadores e políticos bolsonaristas criaram a campanha “Sou Jovem, Sou Bolsonaro”.

Foi uma reação a ações pelo alistamento eleitoral e o voto contra o presidente de personalidades e artistas identificados com a esquerda, como Anitta, Pabllo Vittar e Felipe Neto.

Os dois lados disputam os cerca de 10 milhões de brasileiros de 16 e 17 anos. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), 2022 é um dos anos de menor emissão de títulos das histórias. A Corte tem feito campanha para a conquista do voto adolescente.

Confira abaixo algumas celebridades vão se arriscar a entrar na política nas eleições de 2022:

Jacira Santana – pernambucana mãe do Gil do Vigor – vai sair como candidata a deputada federal pelo PT;

Silmara Miranda – ex-loira do grupo de axé É o Tchan – deve se candidatar a deputada federal pelo Republicanos;

Maurício Souza – polêmico jogador de vôlei – quer sair como candidato a deputado federal pelo PL, partido do presidente Jair Bolsonaro;

Maria Paula Fidalgo – atriz e comediante Maria Paula – quer disputar vaga como deputada federal pelo União Brasil;

Marcos Uchôa – jornalista esportivo – deve sair como deputado federal pelo PSB;

Belo – cantor – deve sair como candidato a deputado federal pelo PL;

Rinaldo Farias (Patati) – empresário e criador dos palhaços Patati e Patatá – deve sair como deputado Federal pelo Podemos;

Pamella Holanda – ex-esposa de DJ Ivis – deve se candidatar à deputada federal pelo PL;

Joel Santana – ex-técnico de futebol – deve sair como deputado federal pelo PSDB;

Rodrigo Minotauro – ex-lutador – deve sair como deputado federal pelo PSDB.