No HUJB: Médicos entram em greve em CZ e criança suspeita de meningite é transferida para HRC; Prefeitura faz repasses financeiros

A Procuradora do Município, Catharine Rolim, anunciou nesta quarta-feira (21), que os repasses financeiros da prefeitura em atraso com o Hospital Universitário Júlio Bandeira (HUJB), foram normalizados. Segundo a Procuradora, foi realizada uma transferência de valores nesta quarta para a conta do HUJB.

Greve dos médicos
Catharine afirmou que os médicos não estão de greve, o que houve foi uma reunião com a categoria para requerer da prefeitura uma data de pagamento dos salários do mês de outubro, que será anunciada ainda nesta quarta.

Quanto a denúncia de uma mãe, que afirmou ter levado sua filha para HUJB e esta ser transferida para o Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), a procuradora explicou que não ocorreu a transferência por falta de médico, pois a criança apresentava suspeita de meningite e precisava ser estabilizada, sendo possível somente na UTI do HRC.

A procuradora disse que a menor foi atendida no HUJB pela Dra. Deyse. “O hospital não tem por enquanto os recursos técnicos de receber esse tipo de situação de urgência”. Informou

O outro lado
A diretora administrativa do HUJB, a enfermeira Mônica Paulino confirmou que os médicos estão paralisando suas atividades por falta de pagamento.

Quanto ao atendimento da criança, ela afirmou que a médica de plantão atendeu, fez a estabilização e providenciou a transferência.

“Essa criança foi atendida sim no HUJB e nós mesmos conseguimos a transferência dela porque não temos ainda o aparelhamento adequado”. Disse Mônica

 

DIÁRIO DO SERTÃO