Ministério Público acusa prefeito do Sertão de desviar mais de 1 milhão de recursos públicos

O Ministério Público Estadual realizou uma denúncia, acusando o prefeito de Coremas, Edílson Pereira de Oliveira (PR) juntamente com mais 37 pessoas, de uma suposta participação de um esquema de fraude contra servidores públicos municipais e desvio de verbas públicas.

Conforme o procurador geral de justiça, Oswaldo Trigueiro do Valle Filho, eles estão envolvidos pela suposta prática de crime de estelionato, que teriam causados prejuízos de mais de R$ 1 milhão aos cofres público de Coremas.

De acordo com o Ministério Público o prefeito e demais denunciados inseriram declarações falsas em documentos públicos e particulares, alterando a verdade sobre os fatos, para obterem vantagem ilícita.

Na denuncia formulada, o procurador-geral pede ao Pleno do TJ que receba a denúncia formulada contra o prefeito de Coremas, para instauração de ação penal contra o gestor, com o afastamento do prefeito.

DIÁRIO DO SERTÃO com informações do Jornal Correio da Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *