Exclusivo: depois de abusar de criança de seis anos, aposentado 85 anos volta a perseguir menina; mãe desesperada diz: “É um monstro”

A Polícia Civil está investigando um caso de abuso sexual e atos obscenos ocorrido no Núcleo II, em Sousa. O acusado é um aposentado de 85 anos que está sendo cogitado de perseguir uma menina de 12 anos.

A doméstica Ana Lúcia Pereira da Silva, mãe da menor, disse que no ano de 2008 sua filha que na época tinha seis anos foi abusada sexualmente pelo aposentado, Manoel Avelino da Silva, mais conhecido como Bidé, que tinha 79 anos de idade e mora próximo a casa da menina. O ato sexual ocorreu dentro de um galpão na própria casa do idoso.

Na época, a menina foi levada até um Hospital de Sousa e o laudo constatou que não houve lesão ou penetração, porém o exame consta que houve um esforço de penetração. 

De acordo com o delegado Sylvio Rabello, o caso já foi julgado e sentenciado na Comarca de Sousa e o juiz decidiu que o acusado pagará pelo crime em liberdade.

Ele voltou
Seis anos depois do ocorrido, a menina que hoje tem 12 anos, de acordo com a mãe, está sendo perseguida pelo aposentado que hoje tem 85 anos de idade. Na última terça-feira (13), “Bidé” teria mostrado o pênis para a menor quando ela voltava da escola.

O Conselho Tutelar foi acionado e encaminhou a garota até delegacia de Polícia Civil. A delegada Patrícia Forny está investigando o crime de atos obscenos em plena via pública.

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *