Batinga diz que mobilidade não foi prioridade e responsabiliza governos federal e estadual por grandes obras

O ex-deputado estadual Carlos Batinga, que assume nesta segunda-feira (9) a Superintendente de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), afirmou que a mobilidade urbana não foi prioridade nos últimos 25 anos ao lamentar que a prioridade do governo federal foi o transporte individual.

” Faz 25 anos que não é prioridade o transporte coletivo, a mobilidade. O governo federal só priorizou o transporte individual e por esse caminho não vamos conseguir resolver o problema da mobilidade”, observou.

Ele também destacou que as grandes obras de mobilidade urbana devem ser executadas pelos governo federal e estadual.

” Hoje, 85% da população brasileira vivem nas cidades. O problema da mobilidade não é apenas um problema dos municípios, mas das três esferas de governo. As grandes obras não podem ser feitas pelo município, tem que ter o apoio do governo federal e do governo do estado. Nós temos que dar o melhor possível que a gestão da mobilidade funcione bem”, disse.

Batinga adiantou ainda que deverá apresentar nos próximos dias um projeto de curto, médio e longo prazo para a mobilidade da capital.

” Vamos tentar desenvolver um trabalho e não decepcionar o povo de João Pessoa e vamos fazer o esforço possível para melhorar a mobilidade da Capital. Vamos sentar com a equipe para ver os projetos, mas vamos apresentar, dentro de pouco tempo, um plano de curto, médio e longo prazo para fazer as modificações”, falou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *