Direção de partido desiste de apoiar pré-candidata de expressão em CG

Revoltados com a decisão pessoal do Presidente do partido, Fernando Carvalho, de anunciar apoio à pré-candidata à Prefeitura de Campina Grande Daniela Ribeiro (PP), membros do PT do B e pré-candidatos a vereador pelo partido em Campina Grande realizaram uma reunião na noite de ontem no escritório do vice-presidente municipal, Geraldo Junior. Além de filiados e simpatizantes, o encontro teve a presença de 14, dos 21 pré-candidatos à Câmara Municipal.

Na reunião, os presentes decidiram não acompanhar a decisão pessoal de Fernando Carvalho que, diante da desistência da candidatura própria, anunciou apoio a Daniela Ribeiro. Eles assinaram um manifesto externando a posição contrária ao apoio à prefeitável Daniela Ribeiro e criticando a decisão de Fernando Carvalho, citando que ele desrespeitou a legenda ao tomar uma decisão sem comunicar ao partido..

Segundo o manifesto, Fernando Carvalho tomou a decisão sem discutir com os membros da legenda. “Vimos externar nosso repudio a decisão tomada pelo atual Presidente Municipal da Legenda neste município Fernando Carvalho de apoiar a candidatura do PP nas eleições 2012 sem a mínima comunicação a nós, demais membros da direção municipal e membros em geral”, diz o manifesto.

Os membros do PT do B disseram que a decisão isolada de Fernando Carvalho “contraria a política adotada por este partido, que é a de democracia plena onde todas as decisões anteriores foram pautadas no consenso de todos e ou voto da maioria”. Eles lembraram que o partido havia decidido pela candidatura própria, “razão pela qual o acima citado Sr. Fernando Carvalho foi convidado a fazer parte do quadro do PT do B, e que por ironia do destino veio tornar-se presidente municipal”.

Os membros do PT do B disseram ainda ser entendível que o partido possa abrir mão da candidatura própria. Porém, não da forma como ocorreu, com uma decisão tomada pelo presidente Fernando Carvalho sem discussão interna. “O que não entendemos e não aceitamos é o fato do atual Presidente Municipal da Legenda tomar as decisões de forma autocrática, em total desrespeito ao Partido, aos membros, aos companheiros”.

O manifesto finaliza com uma solicitação ao Presidente Estadual da legenda, Deputado Genival Matias, para que ele “garanta a democracia estabelecida nesta legenda, inclusive com sua defesa veemente em muitos outros momentos, de forma a fazer valer a vontade da maioria”.

MaisPB

com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *