Deputado Jeová Campos vai propor a SUDENE que redirecione recursos para investimento de projetos em prol do Nordeste

Parlamentar também vai solicitar que o teto de R$ 50 milhões seja reduzido para permitir que projetos menores e do semiárido possam ser contemplados pela SUDENE
 
A SUDENE está na iminência de devolver ao Governo Federal R$ 1,2 bilhão que foram destinados ao órgão para investimento em projetos na região Nordeste, mas por absoluta falta de apresentação de projetos não foram aproveitados no exercício 2015. Para tentar evitar essa devolução, o deputado estadual Jeová Campos (PSB) vai propor a SUDENE que redirecione esse montante para projetos de enfrentamento da seca e investimentos na região, além de sugerir que o teto de R$ 50 milhões seja reduzido.
 
“É inadmissível que uma região tão carente de recursos e ações, devolva ao Governo Federal mais de R$ 1 bilhão que poderiam ser investidos em projetos de enfrentamento da seca e fomento ao desenvolvimento regional”, argumentou Jeová, da tribuna da ALPB, na manhã deste terça-feira (01). Na ocasião, o parlamentar apelou os colegas para que subscrevessem o documento que seu gabinete irá elaborar com a proposta de redefinição de alocação destes recursos.
 
Segundo o deputado, ele irá solicitar, no mesmo documento, que o teto mínimo estipulado pela SUDENE para aprovação de projetos seja reduzido para poder contemplar mais projetos. “Esse teto exclui os pequenos, que são a imensa maioria no semiárido nordestino, que é a área mais carente de recursos e necessidades no Nordeste”, afirma Jeová.
 
Da tribuna da ALPB, Jeová fez um apelo aos demais parlamentares para que eles subscrevam o documento. “Há momentos que ações não comportam disputas políticas e esse é um deles, de forma que eu conto com o apoio de todos vocês para encaminharmos essas propostas não em nome do deputado Jeová, mas de toda a Assembleia Legislativa da Paraíba”, finalizou o deputado.