Deputado impõe condição a Cássio: ou pressiona RC, ou assume traição

O deputado estadual e candidato a prefeito de Campina Grande, Guilherme Almeida (PSC), colocou o ex-governador Cássio (PSDB) “na parede” e literalmente ‘impôs’ duas condições ao senador, em respeito a Campina Grande: ou pressiona o governador Ricardo Coutinho (PSB) atenção à Rainha da Borborema, ou então assuma em “alto e bom som”, que foi traído pelo governador.

Na tribuna da Assembleia Legislativa, Guilherme Almeida colocou Cássio como o maior responsável da boa votação do socialista durante as eleições 2010 na cidade de Campina Grande e, portanto, é quem tem a obrigação de fazer por onde o Governo retribua e confiança dos campinenses.

“Eu invoco aqui o senador Cássio Cunha Lima para fazer por onde o governador corresponda, ou, ser reciproco a esse apoio”, disparou.

Para reforçar a sua tese, Guilherme afirmou que antes da “propaganda” de Cássio Campina Grande sequer conhecia o governador e, se isso hoje é possível, por foi por pura influência única e exclusivamente do ex-governador, a quem chamou de “golpista”.

“É claro que não foi pelos seus méritos que o govenador recebeu essa maioria em Campina Grande. Foi o apelo de um grande golpe politico liderado pelo senador Cássio Cunha Lima”, afirmou.

Roberto Targino – MaisPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *