Delegado diz que cajazeirense morto era investigado por estupro a menor e descarta assalto: “Executado”

 

 

O delegado Francisco Filho (Dr. Filho), em entrevista à imprensa local nessa terça-feira (18) falou sobre a morte do cajazeirense Damião Fernandes Duarte (Neném de Dadá), 46 anos, residente no Distrito de Aroeira município de Ipaumirim, Estado do Ceará.

O corpo do cajazeirense foi encontrado na noite dessa segunda-feira (17), às margens da PB 417, que liga a BR 230 a cidade de Bom Jesus, Sertão da Paraíba com marcas de tiros.

Dr. Filho descartou a hipótese de assalto e afirmou que se trata de um crime de execução.

”Ele foi executado pouco antes do local onde foi encontrado o corpo“, disse o delegado.

Segundo o delegado, Neném de Dadá era investigado por suposto estupro a menor de idade, porém ele ainda não tinha sido indiciado.