De olho aberto: Licitação do concurso de prefeitura do Sertão será avaliada pelo Ministério Público.

A Contemax (Consultoria Técnica e Planejamento) foi a vencedora da licitação para definir a empresa para aplicação das provas e demais etapas do concurso público anunciado pela Prefeitura de Marizópolis, região de Sousa.

O processo licitatório ocorreu na modalidade pregão presencial na última sexta-feira (9). Além da Contemax, a Real Concursos concorreu, porém não ganhou.

Mesmo com a licitação realizada, o concurso corre o risco de ser anulado por conta da modalidade escolhida, ou seja, pregão presencial. Por iniciativa própria, a comissão de licitação da Prefeitura irá procurar o Ministério Público para informar todos os atos do certame e saber se o concurso terá sequência ou não.

Segundo o diretor jurídico da Contemax, Clodoaldo Maximino, a Prefeitura está levando em conta a recente decisão do Ministério Público que anulou o concurso da Prefeitura de Sousa por escolher a modalidade pregão presencial.

“Para evitar que o concurso seja anulado a posterior, a comissão de licitação de Marizópolis resolveu tomar a iniciativa de avisar ao promotor da comarca”. Disse Clodoaldo.

DIÁRIO DO SERTÃO