Cresce prostituição em Cajazeiras; Programa é feito por uma pedra de crack.

A TV Diário do Sertão divulgou nessa terça-feira (15), uma reportagem acerca da prostituição, inclusive de menores na cidade de Cajazeiras.

O apresentador do programa, Júnior Soares, foi às ruas da cidade durante a noite e flagrou na Praça Camilo de Holanda, um ponto de prostituição.

O local é conhecido como “Rua das Carrocerias”, que fica próximo ao abrigo de idoso Lucas Zorn.

Relatos
Uma garota de programa identificada por “Paula”, disse que tem oito anos que trabalha nas ruas e cobra entre R$ 10 e R$ 20 pelo programa.

A mulher informou que se previne contra as doenças sexualmente transmissíveis e reclamou que o preço do programa é muito barato e não dá para sobreviver. “É baratíssimo”.

Ela disse que faz até seis programas por noite e falou do preconceito social, pois, segundo Paula, as pessoas pensam que todas as mulheres que se prostituem no local são viciadas em drogas.

“Todo mundo acha que somos viciadas, que usamos drogas, por isso não nos dão emprego. Somos muito discriminadas”. Revelou Paula

A mulher relatou que existe no local muitas garotas que são viciadas em drogas e fazem programas por uma pedra de crack.

Paula afirmou que fica nas ruas de Cajazeiras até às 06:00 horas da manhã. “Tem um cliente meu que vem sempre às 05:30 da manhã”.

 

DIÁRIO DO SERTÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *