Cotado para coordenação de campanha presidencial, Cássio participa de reunião de cúpula do PSDB e Aécio admite palanques duplos com PSB nos estados.

 

 

Cotado para ser coordenador político da campanha presidencial do PSDB, o senador Cássio Cunha Lima participou na tarde desta terça-feira (11) de reunião com a cúpula nacional do partido que aprovou uma resolução que dá à Executiva nacional da sigla a palavra final sobre coligações e palanques a serem formados para as eleições de outubro.

De acordo com o jornal ‘Folha de S.Paulo’, além de fortalecer a candidatura de Aécio Neves, a decisão de hoje abre caminhos para palanques duplos do PSDB em diversos estados, especialmente com o PSB.

Aécio afirmou na reunião que o partido não vai “violentar” soluções naturais onde o PSDB tem aliança com o PSB, que tem como pré-candidato à Presidência o governador de Pernambuco, Eduardo Campos. O tucano admitiu ainda que palanques duplos para o PSDB e o PSB vão acontecer em “vários Estados”.