Coordenador de campanha de candidato a prefeito é preso no Sertão da Paraíba acusado de usar documentos falsos. Confira tudo aqui!

Uma ação conjunta das polícias civil e militar terminou com a prisão do coordenador de uma campanha eleitoral na cidade de Pombal, Sertão da Paraíba. Luciano Abrantes de Oliveira Alves estaria usando documentos falsos em nome de Luciano José Abrantes Ferreira. Contra ele existia um mandado de prisão, da 1ª Vara da cidade de João Pessoa por crime de roubo majorado. Em contato com a reportagem do Diário do Sertão, a Polícia Civil de Pombal informou que o cumprimento do mandado ocorreu nessa quarta-feira (31)

As informações da polícia civil repassadas ao portal Piancó Notícias, Luciano estava morando na cidade de Pombal, onde exercia o cargo de Coordenador do Samu. No momento da abordagem o acusado apresentou documentos falsos e recebeu voz de prisão.

O delegado da Polícia Civil da cidade de Pombal já havia conseguido, junto à comarca daquela cidade, um mandado de busca na residência do acusado. Com o mandado em mãos, os policiais se dirigiram até a residência do acusado, onde foi encontrado outro documento falso em nome de Luciano Feitosa Coutrin, um carregador de pistola ponto 40, além de um veículo de luxo com restrições de roubo.

Luciano foi conduzido para a delegacia de polícia civil de Pombal, onde foi autuado por uso de documento falso, falsificação de documento público, recepção e posse de apetrecho de acessório de arma de fogo de uso restrito, previsto no estatuto do desarmamento.

DIÁRIO DO SERTÃO