Coordenador dá detalhes do caso em que mulher com renda R$ 10 mil recebia Bolsa Família em Cajazeiras

Coordenador dá detalhes do caso em que mulher com renda R$ 10 mil recebia Bolsa Família em Cajazeiras

O coordenador do Bolsa Família em Cajazeiras, Fábio Borges confirmou nesta terça-feira (1), em entrevista à imprensa que uma mulher recebia o benefício do Governo Federal indevidamente, pois tem casa com piscina, carro e renda familiar de R$ 10 mil.

+ Mulher com casa de 11 cômodos, piscina e renda familiar de R$ 10 mil recebia Bolsa Família em Cajazeiras

O coordenador alertou que não é apenas esse caso de recebimento indevido no município, mas relatou que foi o caso mais “absurdo” encontrado nesta nova gestão.

Fábio Borges disse que essa pessoa começou a receber no ano de 2013 e teve o benefício bloqueado em 2017, após denúncia anônima.

“Quando bati na porta ela disse que não era ela quem estava procurando e sim a empregada”, revelou o coordenador, e contou que depois a mulher confirmou que era ela mesma a beneficiária.

Ele revelou que a mulher recebia R$ 427,00, pois o cadastro dela dizia que estava abaixo da linha da pobreza. O caso foi encaminhado ao Ministério Público.

E quem precisa?
O coordenador relatou que enquanto uma família que não precisava recebia o Bolsa Família, outra com cinco filhos, entre eles três crianças não recebia porque não tinha vaga no município. “Acho isso injusto. Daí a gente resolveu a situação dessa família”.