Cássio reitera necessidade de uma montadora de automóveis na PB

Argumentando que cabe ao Governo Federal decidir sobre a instalação de grandes investimentos nos estados pequenos, mesmo privados, o senador Cássio Cunha Lima voltou a defender a tese da dívida histórica que a União tem com a Paraíba no que diz respeito à atração de um grande e estruturante investimento.

“Defendo a instalação de uma montadora de veículos, pois a partir de uma fábrica de automóveis, existe uma cadeia produtiva em torno que geraria milhares de empregos diretos em nosso estado” disse Cássio, que lembrou que no seu período de mandato de governador estava em adiantadas negociações que não surtiram efeito prático devido ao seu afastamento do governo em 2009.

Cássio criticou ainda a adoção de pacotes para resolver crises pontuais em que os governos, sucessivamente, investem na redução para a indústria de alíquotas de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e Imposto de Renda (IR), configurando uma cortesia com o chapéu alheio “pois estes são as duas principais fontes de financiamento dos estados e municípios, através dos fundos de participação dos estados e municípios, respectivamente, principalmente das regiões Norte e Nordeste”.

AÇÚCAR PARAIBANO – O senador lembrou ainda a sua luta para que a cota de exportação para os Estados Unidos do açúcar paraibano que historicamente sofre uma brutal injustiça, pois a Paraíba poderia exportar muito mais açúcar e por conta dessa limitação deixa de gerar muito mais emprego e renda no nosso Estado. “Estou extremamente otimista com relação à correção deste tema e lembro que essa deve ser também uma luta de toda a bancada paraibana e inclusive a imprensa pode ajudar muito nessa importante pauta econômica”.

Assessoria do senador